TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Digital clock - DWR

sábado, 25 de janeiro de 2014

A Liberdade condicionada

Aproveitando as férias fiz um verdadeiro tour pelo estado de Minas e me surpreendi com tantas paisagens  e relatos  que precisaria de centenas de linhas para contar.
Mas sem duvida a primeira delas é o estado de abandono que encontrei muitas cidades mineiras; bairros largados, ruas sujas, precariedade geral no atendimento médico. Estou impressionada como o nível político despencou no pais todo e eu achando que era só em SP. (Bota na conta do Aércio)
É estranho porque quando vemos uma safra de políticos “assim”,  sem criatividade, sem competência técnica, administrativa, educacional ocupando tantos cargos (Prefeitos, secretários, vereadores, assessores, no geral),  percebemos que isso nada mais é que um  sinal de que o nível educacional do nosso povo andou caindo, pois os políticos representam a sua população, que escolhe os políticos ou seja estamos presos a um circulo vicioso que pode demorar a ter um fim e isso é preocupante, pois se não temos bons políticos para fazer bons investimentos em educação, dificilmente teremos uma massa imparcialmente educada  para eleger bons políticos. Complicado e desesperançoso  isso!
Dando seqüência no meu tour e correndo de política e políticos, querendo apenas descansar um pouco, por onde passei (cidades, fazendas, bairros rurais, assentamento do MST, até cemitérios), onde parei o carro os moradores de cara,  não perdiam a chance de salientar a satisfação com o governo federal e isso sem eu perguntar, principalmente aposentados, “sem eu mencionar partido político, legenda partidária ou mesmo esquerda ou direita”.
Se eu fosse uma Tucana, estaria perdida,  pois todos defendiam o governo Dilma com uma garra que se fossem contrariados talvez sairia briga.
Me diverti, principalmente porque em cada parada tinha uma saborosa cachaça de alambique para degustar e suavizar a prosa rsrsr
Em uma das fazendas que estive encontrei uma senhora de 99 anos, prestes a completar 100 anos agora no mês de maio, muito tranqüila, boa de prosa, “muito mais lúcida que eu”, reclamou apenas que infelizmente os anos passam e o corpo se debilita, a mulher não tem nenhum problema de saúde, apenas o corpo fraco e enrugado, mãe de 8 filhos dos quais apenas uma esta viva, os demais morreram com problemas de saúde como infarto, câncer etc, dona Mariana, me falou de como a vida era pobre a das dificuldades que teve para criar a família inteira nos últimos 100 anos,  disse que em outras épocas o produtor rural não tinha valor e nem recursos para trabalhar a terra. (Em quanto ela falava passava um filme na minha cabeça)
– Sabe fia, depois que esse home entro, o Sr. Lula eu tenho até meus neto mais véio fazeno facurdade uaí.
Por aí nossa prosa foi longe, eu pessoalmente vejo muita coisa positiva no governo do PT porem também muita coisa negativa.  Estou ansiosa para ver o resultado desta eleição, principalmente depois daquelas manifestações. O resultado destas eleições vai dizer com exatidão o que passou pela cabeça do povo estes últimos anos.
Continuando minha prosa com dona Mariana, ela me disse que esta cansada, nestes últimos 100 anos ela viu várias famílias nascer, crescer e morrer e isso inclui os filhos dela, disse que pede a Deus todos os dias para que ele a leve, e ela falou sem tristeza alguma, disse que a parte dela já foi feita, e que ela não tem como fazer mais nada. ( a impressão que tive foi de que ela é uma alma muito forte e jovem presa dentro de um corpo envelhecido por 1 século de existência  e que a morte hoje para ela é a reconquista da liberdade)
Pedi um conselho a ela para encerrar nossa prosa e ela sem gaguejar foi bem direta:
- Ocê num pode nunca fia, se acovarda diante da vida e das pessoa por causo de dinhero, quem faz a vida mio é as pessoa honesta que trabaia!
Como covardia é palavra que definitivamente, provadamente não faz parte do meu vocabulário, espero que as palavras da dona Mariana lá na Mata do Paraíso, em Boa Esperança-MG, sirvam de lição para muitas pessoas em Campos do Jordão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário