TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Digital clock - DWR

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Encerrada a greve da Araucária e Geléia dos Monges.

Atendendo ao convite do amigo Paulo Siqueira, diretor do sindicato da alimentação em Campos do Jordão, feito ontem pelo Facebook, estive hoje desde as 7hs da manhã na porta da fabrica de chocolates Araucária junto com funcionários que permaneciam em greve a 12 dias. "A greve mais longa da história do município". Chegando por lá a surpresa, encontrei com sindicalistas do Vale do Paraíba inteiro que de imediato subiram a serra para apoiar a causa e o chamado do companheiro Paulo Siqueira que mandou muito bem nas negociações fazendo valer o direito dos trabalhadores do setor da alimentação em Campos do Jordão. Contamos também com 3 viaturas de apoio da Policia Militar. A Reunião aconteceu hoje pela manhã com representante da empresa que atendeu a todos de imediatos. Reunião da qual fui convidada a participar inclusive em ata votada e aprovada pelos funcionários, junto aos sindicalistas, Julio, Paulo, Cebola.
Estiveram presente na porta da fabrica hoje 8 Sindicatos do Vale do Paraíba entre eles Metalúrgicos, Químicos, Condutores, entre outros. Parabéns funcionários que fizeram valer seus direitos através do sindicato, Parabéns Paulo por mais esta batalha a frente do sindicato mais uma vez fazendo valer os direitos do trabalhador, que os seus esforços sirvam de exemplo a todas as outras categorias, parabéns aos demais companheiros que mais uma vez estiveram apoiando a causa em Campos do Jordão. É sempre muito bom encontra-los.
É triste ver o sindicato ter que intervir e sentar em uma mesa para ter que registrar em documento direitos básicos primários assegurados aos trabalhadores por lei. Muitos sindicalistas tem que ser, mais que pessoas comuns, eles tem que virar verdadeiros gladiadores na hora de assegurar os direitos da categoria trabalhista que representam.

Um comentário:

  1. Obrigado Deborah Cocci, pelo seu apoio, a classe trabalhadora de Campos do Jordão...

    ResponderExcluir