TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Digital clock - DWR

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Seguindo em frente

Quando pensamos nos nossos problemas sempre somos egoístas a ponto de achar que nossos problemas são os maiores e mais importantes do mundo e não são.
As coisas na minha casa andam cada vez mais complicadas com as idas e vindas do meu pai no hospital e cada vez pior, já não se tem muito mais o que fazer no caso dele, já sou extressada naturalmente mas com problemas assim tudo piora.
Na tarde de hoje fui ao dentista, consulta de rotina e estava lá viajando nos aquários dele quando entrou um rapaz muito magro mas muito bem disposto, conversador, logo nos perguntou  se nos interessavamos por colares artesanais, havia uma moça ao meu lado, mas daquelas pessoas que preferem ignorar estranhos, como não sou assim e adoro fazer novas amizades desencadeamos um papo daqueles. Não demorou muito ele começou a contar a sua história, todo mundo tem uma né? Mas a dele é um baque louco, sofrida, muito sofrida.....

Segundo ele de 1 ano para cá, começou a sentir alguns incomodos com hemorróida e depois de certo tempo consultou um médico e não demorou em descobrir o diagnóstico de Câncer e desde então a vida dele mudou completamente, após seções de radio terapia os cabelos não caíram porem os dentes amoleceram (por isso nosso encontro inexperado no dentista) e ele tem que arrancar um a um e colocar protese, não bastasse isso perdeu muito peso e tem problemas de hérnia de disco, a cada 15 minutos de caminhada ele precisa se abaixar totalmente pois a dor que sente é insuportavel, segundo ele mesmo toma morfina a cada 4 horas para conter as dores que sente devido ao Câncer, questionei ele sobre os progressos do tratamento, apenas gesticulou com a cabeça, não me pareceu muito animador a resposta.

Me contou que alem dos medicamentos todos que toma, ainda tem que tomar anti-depressivos, pois segundo ele mesmo e eu até posso imaginar, tem dias que ele acorda deprimido ao extremo, pois a vida parou e regrediu.
Durante muito tempo ele "formou e trabalhou" em clínicas de tratamento para dependentes químicos, dando amparo psicologico, moral a pacientes e familiares, me apresentou planilhas extremamente bem elaboradas e completas nesta area, posso afirmar, posso afirmar tambem que meu caminho de ida até o dentista hoje, confeço que não foi dos melhores dias, eu estava deprimida, desanimada, triste, de saco cheio com a vida e todo mundo que nela habita, em fim com vontade de mandar todo mundo para a puta que os pariu, mas depois do meu simples ato de ouvir a historia de uma pessoa desconhecida, fiquei até com vergonha dos meus pesamentos pessoais antes de chegar ali, afinal de contas eu estou bem e com saude, (apesar de já ter vivido a um ano atrás uma experiência parecida com a retira de um tumor, mas foi só um susto) podendo andar para onde quiser sem problema algum, não tomo nenhum tipo de medicamento, não tenho nenhum problema de saúde e ainda assim em pensamento reclamando da vida, é mole?

Após uma longa conversa ele me mostrou os colares que ele faz, um trabalho muito bem feito mesmo, mas fora os colares ele faz trabalhos artisticos belissimos em texturas de parede, segundo ele mesmo já não mais como antes pois a saude debilitada o impede e o preocupa, os colares que ele me mostrou segundo ele mesmo o ajudam no orçamento da casa. 
Não comprei os colares dele, não uso colares, mas afirmei a ele que apresentaria o trabalho dele aqui no blog, fiz mais que isso, apresentei a história tambem e espero que surtam  efeitos bons, pois apesar dos problemas dele acho até que ele estava bem mais feliz que eu, ou pelo menos se esforçando bem, ele deveria ter entre uns 40 e 45 anos talvez. 
O problema dele só não é maior que o meu, porque o meu problema com meu pai  é meu né? 
Este tipo de coisa que aconteceu com ele pode acontecer com qualquer pessoa a qualquer momento, afinal, ninguem sabe porque veio e  muito menos como e quando vai, mas acho que estamos aqui é justamente para isto compartilharmos as experiencias e se possivel aprender com elas.

Espero poder encontra-lo novamente completamente estabelecido de sua enfermidade e com a mesma vontade de viver que o encontrei hoje, boa sorte, e imagine que deve haver algum motivo para que tudo isso aconteça com tantas pessoas, afinal enquanto estamos vivos estamos aprendendo a viver, rumando para a ultima lição. rsrsrssr porem sem pressa alguma ......



"Espatula Mágica"

012-9102-4469
012-8159-5991
Orkut e-mail: espatulamagica@gmail.com
Consultor em Dependencia Quimica e Co-dependencia, Terapeuta Floral, autor do livro www.renascimentodecentaurium.blogspot.com
e profissional em pintura e textura artistica
PINTURAS E TEXTURAS ESPECIAIS
RESTAURAÇÕES - REFORMAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário