TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Digital clock - DWR

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Eles estavam lá, mas não votaram o ficha limpa

Alagoas

* Augusto Farias PP
Amazonas
* Sabino Castelo Branco PTB
Bahia
* Félix Mendonça DEM
* José Carlos Araújo PDT
Ceará
* Aníbal Gomes PMDB
* Flávio Bezerra PRB
* José Linhares PP
* José Pimentel PT
* Manoel Salviano PSDB
* Mauro Benevides PMDB
Goiás
* Leandro Vilela PMDB
* Luiz Bittencourt PMDB
* Pedro Chaves PMDB
* Professora Raquel Teixeira PSDB
* Rubens Otoni PT
Maranhão
* Cleber Verde PRB
* Clóvis Fecury DEM
Minas Gerais
* Ademir Camilo PDT
* Antônio Andrade PMDB
* Carlos Willian PTC
* Fábio Ramalho PV
* George Hilton PRB
* João Magalhães
* Leonardo Quintão PMDB
* Mário Heringer PDT
* Silas Brasileiro PMDB
* Virgílio Guimarães PT
Mato Grosso do Sul
* Dagoberto PDT
Santa Catarina
* Mauro Mariani PMDB
Pará
* Giovanni Queiroz PDT
Paraíba
* Armando Abílio PTB
* Wellington Roberto PR
* Wilson Santiago PMDB
Pernambuco
* Eduardo da Fonte PP
* José Chaves PTB
* Roberto Magalhães DEM
* Fernando Nascimento PT
Piauí
* Antonio José Medeiros PT
* Ciro Nogueira PP
* José Maia Filho DEM
* Paes Landim PTB
* Themístocles Sampaio PMDB
Rio de Janeiro
* Fernando Lopes PMDB
* Leonardo Picciani PMDB
* Solange Almeida PMDB
 Rio Grande do Norte
* Betinho Rosado DEM
São Paulo
*Aline Corrêa PP
* Beto Mansur PP
* Milton Monti PR
* Paulo Pereira da Silva PDT
* Vadão Gomes PP
* Valdemar Costa Neto PR
Tocantins
* Eduardo Gomes PSDB
* Osvaldo Reis PMDB
* Vicentinho Alves PR

De acordo com dados oficiais da Secretaria Geral da Mesa da Câmara, 55 parlamentares não votaram o projeto ficha limpa, embora estivessem presentes na sessão.
Cinquenta e cinco deputados deixaram de votar o projeto ficha limpa, embora estivessem presentes na sessão que resultou na aprovação da proposta que proíbe a candidatura de políticos com condenação na Justiça. Segundo a lista de presença da sessão, iniciada às 21h09 de ontem (4) e encerrada a 0h27 desta quarta-feira (5), 445 parlamentares registraram presença. Mas apenas 389 votaram. O presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), também estava presente, mas só vota em caso de empate.

O PMDB, com 15 deputados, o PP, com sete, foram os partidos com maior número de parlamentares que deixaram de votar mesmo tendo registrado presença na sessão. O PT, com seis nomes, o DEM, com cinco, o PR e o PTB, com quatro, vêm a seguir. Há ainda três deputados do PSDB, três do PRB, um do PTC e um do PV que constam da lista de presença oficial da Câmara, mas não figuram na relação dos que votaram, também divulgada pela Secretaria Geral da Mesa.
A lista a seguir, divulgada em primeira mão pelo Congresso em Foco, reúne deputados de 17 estados. Destaque para as bancadas de Minas Gerais e do Piauí. Dez dos 46 parlamentares mineiros presentes não votaram, nem a favor, nem contra, nem se abstiveram formalmente. O mesmo ocorreu com metade dos dez deputados piauienses que estavam presentes na sessão mas não registraram voto.
O texto-base do projeto ficha limpa foi aprovado com 388 votos favoráveis. O único voto contrário, segundo seu autor, foi por engano. Além dos 55 deputados que estavam presentes e não votaram, outros 68 faltaram à sessão. A votação dos destaques está prevista para esta tarde.





Nenhum comentário:

Postar um comentário