TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Digital clock - DWR

terça-feira, 30 de março de 2010

Jantar em Taubaté


Os amigos do Vale do Paraíba (Taubaté) tem lido este blog e insatisfeitos com o que vem acontecendo no Municipio deles, me enviaram um trecho de matéria publicada no Jornal Valeparaibano.
Parece que não é só aqui no nosso Municipio que tem pessoas sem muita noção de gastos, tem que dar as mãos aos nossos secretarios e a nossa Prefeita.
Vamos marcar um jantar como este e apresenta-los, só que vamos marcar este jantar em um acampamento do MST, que tal? Será que eles vão?

Saiu no Valeparaibano, edição de 11/03/2010
Fussta banca jantar para 500 convidados
Taubaté
O Fussta (Fundo Social de Solidariedade de Taubaté) promoveu na última segunda-feira um jantar para 500 convidados em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.
Tanto a prefeitura quanto a empresa responsável pela realização do evento, o Fabelle Buffet, não quiseram informar o montante gasto com o evento, mas o valeparaibano apurou que uma confraternização nos moldes da que foi realizada no local custaria R$ 30,5 mil. O valor corresponde ao preço de R$ 61 por pessoa, custo cobrado dos clientes que optam pela modalidade de festa com jantar completo.
Foram convidados para o jantar representantes de entidades e associações da cidade.
O buffet escolhido para o evento, localizado na estrada Taubaté-Tremembé, é um dos mais conhecidos na cidade.
As ações desenvolvidas pelo Fussta são alvo de investigação do Ministério Público, que no último dia 25 protocolou uma ação pedindo a exoneração da presidente do órgão, a primeira-dama Luciana Peixoto.
O órgão considera que as atividades promovidas pelo DAS (Departamento de Ação Social) estariam sendo vinculadas irregularmente ao Fussta por meio da figura da primeira-dama, que mesmo exonerada do departamento continuaria a gerir a pasta informalmente.
EXPLICAÇÕES - Vereadores da oposição pretendem pedir informações à prefeitura sobre o valor gasto com o evento."Vamos pedir alguma explicação, saber quem pagou a festa", disse o vereador Antonio Mário Ortiz (DEM).
"Se é para as mulheres de Taubaté, todas deveriam receber os convites. Espanta a realização deste evento, vamos pedir explicações sobre o valor gasto e sobre o pagamento. Poderia ter sido realizado um ciclo de palestras na cidade, um seminário, vamos saber porque foi escolhido esse jantar", disse o vereador Jeferson Campos (PV).

Nenhum comentário:

Postar um comentário